9 Sinais de Que Você Pode Estar Pegando Pesado Com Você!

quinta-feira, agosto 04, 2016

Você já pensou que talvez você possa estar pegando muito pesado consigo mesmo?

Por muitas vezes eu já me peguei mal por minha própria culpa, por me cobrar demais e até por ser dura demais comigo, e e fato existem momentos em que somos incrivelmente duros conosco, e muitas vezes fazemos isso sem perceber, e no final do dia notamos que temos sido nossos próprios inimigos, e culpados por estarmos tão tristes e pra baixo. Existem alguns modos de perceber e avaliar se você tem sido justo consigo mesmo,  e muitas vezes esses sinais que apontam para nós estão em nossas caras e não estamos vendo, vamos ver?

159c7e86fe31c5cb905116c5646d0204

 

1- Quando você comete um erro, você se culpa para sempre.

Nós somos humanos, errar faz parte de quem nós somos, mas se na maioria das vezes que você erra, esse pensamento nem se passa pela sua cabeça, talvez você esteja sendo muito duro consigo. A maioria dos aprendizados que colecionamos em nossas vidas, vem a partir dos erros que cometemos. Errar deve ser motivo para você aprender e não para você se martirizar por dias, principalmente por erros bobos e corrigíveis. Errar não é o problema, mas como você lida com seus erros pode ser um…comece a pensar neles como uma maneira de sempre melhorar a si mesmo.

 

2- Você se foca mais naquilo que você não fez, não conseguiu ou não alcançou

Na caminhada da vida colecionamos muitas vitórias, umas grandes e outras menores e algumas derrotas também, e é um erro deixar de comemorar as vitórias, por menores que elas sejam e se manter focado naquilo que não foi conquistado. Às vezes deixamos de comemorar o quão longe chegamos porque achamos que demoramos muito pra chegar…ou deixamos de comemorar o que conquistamos por causa daquilo que ainda não conseguimos conquistar. É claro que é muito importante termos alvos e sonhos, mas não devemos negligenciar a conquista dos pequenos, afinal, as pequenas conquistas são degraus na escada de conquistas maiores. Você sabe que está pegando pesado consigo quando não comemora uma conquista antes de partir para a próxima.

 

3- Você tende a abandonar suas próprias ideias

Se você é daqueles que tem uma ótima ideia, mas tende a abandoná-la com facilidade, talvez você esteja sendo duro demais com você! Existem estudos que comprovam que quando você está pegando pesado demais com, você tende a deixar passar suas boas ideias, por não acreditar nelas,  por achar que ninguém vai também, ou por muitas vezes acreditar que elas nem são tão boas assim. O que pode acontecer? perder boas oportunidades, só porque você não acredita em seu próprio potencial.

4- Você deixa a culpa te consumir

Sabe quando você se sente culpado por tudo, tudo mesmo? Sim, não são poucas as vezes que nos sentimos assim, nos culpamos até por coisas que estão fora do nosso controle ou que não dependem de nós! E isso é um sinal muito ruim, você precisa aprender a controlar suas emoções e entender que você não tem o controle de todas as coisas, ninguém tem, e se você não pode fazer nada em relação a isso, logo, a culpa não é sua. Não tente mudar o imutável e não se culpe por isso.

 

5- Tudo Parece Negativo

Quando nada está bom, e você procura por algo negativo até nas melhores coisas, cuidado, você pode estar sendo o responsável pelas coisas ruins que você têm atraído pra dentro de você! Comece a prestar atenção nas palavras que saem da sua boca, se elas têm sido mais negativas que positivas isso é um sinal de que você precisa fazer as pazes consigo mesmo urgente, fale sempre palavras positivas e de esperança e se encha delas.

6- Você está constantemente se comparando com os outros

Deus nos fez de maneira única e entender isso é entender que sempre alguém vai ser melhor do que você em algo e você sempre vai ser melhor que alguém em algo também. Comparações vão apenas te colocar pra baixo ao tentar fazer de você algo que você simplesmente não nasceu pra ser! Um peixe nunca vai andar e um ser humano nunca vai nadar como um peixe, porque? Porque são diferentes! Foque no que você é bom ao invés de focar no que o outro é, encerre hoje esse ciclo interminável de comparações.

 

7- Você não aceita elogios

Aceitar um elogio não é rude e nem falta de humildade, mas não conseguir aceitá-los pode ser um mal sinal. Quando você tem sido duro consigo mesmo e recebe um elogio as vozes negativas da sua mente tendem a querer falar mais alto, afim de que você não mais aceite ou acredite em elogios, porque isso contradiz aquilo que você tem dito pra você mesmo internamente. Você falaria para um amigo as coisas que você repete para si mesmo? Se não, não faça isso com você!!! Cale as vozes mentirosas da sua cabeça que tentam aniquilar seu valor.

8- Você raramente faz algo por você

Sabe aquela coisa que querer se recompensar? Um doce, porque comeu uma saladinha, ou um sapato novo pelos dias difíceis que passou? Quanto tempo faz desde a última vez que você se presenteou, mimou ou fez algo por você? Se faz bastante talvez seja um sinal de que você deve pegar um pouco mais leve com você e perceber que você merece sim ser feliz, e que pequenas vitórias, conquistas e alegrias merecem ser comemoradas. Você merece ser feliz!!!

9- Você está sempre de mau humor e carrancudo

Pare agora e pense, como está sua cara? E seu humor? Se você vive de cara fechada isso pode significar que o que está dentro de você, está se externando. Esse mau humor e essa cara carrancuda pode significar que talvez você precise dar um descanso pra você mesmo e começar a viver diferente. Abra mão daquilo que te faz mal, te consome e ainda afeta seu exterior.

Se você se encaixa em alguns dos tópicos acima, talvez você realmente esteja pegando pesado demais com você. Entenda que Deus te fez perfeito e único, e tentar mudar isso ou querer ser alguém que você não é, só te trará uma vida frustrações. Conheça você mesmo, respeite seus limites e entenda que essa é a única vida que você vai ter, então faça dela o melhor possível e busque sempre sua paz interior e viva com felicidade! Ore para que Deus te ajude a mudar esse hábitos que podem ser muito auto-destrutivos, se encha de coisas boas e busque sempre viver um vida plena!

 


Desabafo e Aviso!!!

terça-feira, julho 05, 2016

Bom, se você está aqui é porque você sabe que algo mudou e provavelmente está curioso pra saber “O quê”, “Por quê” e “Pra Quê”. E essas são respostas que você vai obter, vem comigo…

 

O primeiro passo rumo a uma vida de blogs que eu dei, foi em 2012 com o projeto Brincando de Diva. O Brincando de Diva foi uma fase linda da minha vida, não porque estava dando tudo certo e eu me sentia uma “diva” a ponto de criar um blog com esse nome. Na verdade o Brincando de Diva marcou o final de uma fase bem difícil, onde eu, uma menina, tinha acabado de experimentar os altos e baixos da adolescência, marcados por problemas de auto-imagem, aceitação, depressão, distúrbios alimentares, problemas da infância e uma série de outras coisas. No meio dessa bagunça interna surgiu o Brincando de Diva, um blog onde eu compartilhava coisas e paixões que de alguma forma também contribuíram para minha melhora e por causa disso me alegrava poder compartilhar minhas coisas no blog.

As coisas começaram a tomar forma e uma identidade “blogueira” começou a surgir em mim, ter um blog e compartilhar coisas passou a ser algo comum e apaixonante pra mim, que desde muito pequena sempre fui apaixonada por escrever.

O Brincando de Diva tomou dimensões maiores do que a esperada, e o que era pra ser um hobby tinha se tornado algo mais sério, com leitores fiéis e muitas visitas diárias. A alegria que me foi proporcionada não pode ser descrita. “Isabela” e “Blog” eram duas palavras que já se completavam e viviam sendo usadas na mesma frase, e o que começou como um cantinho todo pessoal, apenas para o meu deleite já tinha se tornado um lugar de inspiração, informação e entretenimento para muitos. Ok, já estava inviável manter o  Brincando de Diva daquele jeito; depois de algum bom tempo eu já não era mais a menininha que começou o blog, tudo mudou, dentro e fora de mim, e como consequência, dentro do blog também. Aquela aparência já não fazia jus a quem eu era, nem o nome, nem nada, mas eu ainda continuava a mesma menina apaixonada por dividir experiências, opiniões, informar, entreter e escrever. Era hora de uma  mudança…foi então que surgiu o Isa Who? um novo projeto, que e fato tem a minha cara! O que mudou? TUDO! Só não a menina que ama isso aqui.

O Isa Who? veio em um momento em que, ou o eu parava com o blog, ou eu reinventava tudo. Eu precisava disso, o blog precisava disso e vocês também! Eu já não era mais a “Isabela do Brincando de Diva”, isso já não cabia mais em quem eu era e minhas leitoras também haviam amadurecido; mas eu não abriria mão do que tinha construído com vocês, uma relação que eu nem sei como começou, mas que hoje é impossível de “desconectar”.

O design mudou, as postagens mudaram, a qualidade de tudo hoje é muito maior; hoje eu vivo pra isso, o blog é um full-time job, onde eu estou trabalhando nele, mesmo quando não estou trabalhando. E por último, porém não menos importante, o canal Isa Who? que era o pedido de muitas e muitas leitoras que foi atendido e hoje eu sou mais apegada a ele do que tudo. Eu diria que o canal foi uma das melhores coisas que eu fiz nos últimos tempos, o contato mais direto que eu comecei a ter com vocês não tem explicação. Se antes vocês liam minhas palavras hoje vocês podem ouvi-las .

O carinho que eu tenho recebido a partir do canal não tem explicação, se antes isso era uma via de uma mão onde só eu falava, hoje vocês tem voz e nossa conexão se tornou ainda mais real. Recebo mensagens diariamente de todos os meios possíveis e faço questão de responder todas sempre que consigo. E essa experiência têm sido incrível e me abriu os olhos para muitas coisas, e é sobre isso que eu vim falar…

 

Nesse ano muitas coisas mudaram o blog cresceu (e muito! Graças a Deus), o canal nasceu e tem crescido muito, meus seguidores em todas as redes sociais também, assim como meu contato com vocês. Apesar de sempre saber que eu estava lidando com pessoas, só esse ano minha ficha caiu, que apesar de escrever em um computador não é com ele que eu falo e sim pessoas reais, como eu. Que dormem, acordam, vivem, choram, se alegram, passam por todo tipo de coisa todo dia, coisas que eu, atrás dessa tela não posso nem imaginar.

Eu sempre fui apaixonada pelo universo feminino, sempre me orgulhei muito em ser mulher e sempre tentei tirar o melhor disso. Por isso amo falar sobre isso; moda, beleza, estilo de vida, etc. Mas eu, infelizmente ou felizmente, conheço os dois lados da moeda e também sei como ser mulher pode ser difícil e desafiador. Principalmente da ótica Cristã! (Não é surpresa pra ninguém que eu sou cristã, certo?)

Hoje, completando 23 anos, posso dizer que já passei por uma série de coisas, como já citadas; depressão, distúrbios psicológicos e alimentares, rejeição, abuso, bullying, traição, saí de casa muito cedo, medos, perdas de amigos por acidente, doenças e suicídio, níveis críticos de pobreza; entre outros.  E muitas vezes em nossas vidas não entendemos o porquê de algumas coisas, mas hoje, falando para mais de 30 mil pessoas por mês, de repente, isso tudo faz sentido!

Mas é claro que faz!!!

Eu sempre acreditei em um Deus de propósitos, onde tudo o que eu passar na minha vida, nada é em vão! E hoje quando eu finalmente percebo que do outro lado dessa tela existem pessoas que passam, já passaram ou vão passar por alguma das coisas que eu já passei eu descubro porque foi entregue em minhas mãos esse blog. E finalmente, eu vejo as coisas se encaixando, pecinha por pecinha, como em um quebra-cabeça que foi desenhado anos atrás.

Eu sempre ouvi que nosso testemunho e  nossa história de vida é a chave que vai destravar a vida de alguém e que Deus quer usar aquilo que mais amamos fazer, a nossa maior paixão pra Ele; como eu não pude perceber isso antes? Como por tanto tempo eu pude alimentar vocês com coisas tão pequenas, quando na verdade, o que eu precisava dizer estava guardado dentro de mim esse tempo todo?!

Peço perdão a vocês, meus leitores, por ter guardado por tanto tempo a verdadeira missão desse blog dentro de mim.

Quer dizer então que, moda, beleza, saúde e comportamento nunca mais serão vistos aqui? De maneira alguma!!! O que era não vai mudar, mas o que está por vir, é muito maior e mais valioso do que tudo isso.

De verdade, eu não sei o que vai acontecer a partir de hoje, mas já fazem alguns meses que eu me vejo total e completamente envolvida pelos encantos dos planos de Deus para nós mulheres. Eu só leio sobre isso, só ouço sobre isso, pesquiso sobre isso e hoje eu vejo, que o que eu achava ser o “universo feminino” não passa de uma visão rasa do que ele realmente é, e do que Deus sonha que ele seja.

Tenho investido cada segundo das minhas orações em descobrir diretamente do coração do Pai, quais são os planos dEle para nós mulheres.

Sou nova, ainda tenho só 23 anos, já passei por muitas coisas mas ainda sei tão pouco sobre tudo, não sou dona da razão e exitei muitas vezes ao pensar sobre isso; mas a verdade é que eu durmo, acordo, como e tudo o que eu tenho feito é pensando nisso; poucas vezes, ou talvez nunca eu tenha sentido alguma coisa queimar dentro de mim como eu sinto quando penso nisso. Quando eu penso em mulheres vivendo na escuridão, quando eu penso em mulheres sofrendo e passando por todo tipo de coisa nesse mundo afora, quando Deus me deu uma ferramente de acesso ilimitado em minhas mãos.

Apesar de ainda saber tão pouquinho sobre tudo, eu confio no Deus que colocou esse fogo dentro do meu coração. Ele mandou e eu estou aqui; Ele mandou e Ele há de ser fiel ao me direcionar sobre o que fazer e falar.

O Isa Who? Toma hoje um novo rumo na sua história, onde o objetivo é inspirar de várias maneiras e ajudar meninas e mulheres a serem as melhores versões de si mesmas, ou seja, aquela que o Senhor sonhou.

Vamos descobrir JUNTAS, lado a lado, os encantos de ser mulher, as surpresas de viver uma vida de obediência a Deus e a missão que nos foi dada nessa terra.

Eu não sei como as coisas vão ser ou acontecer, mas eu acho que essa é a melhor parte em obedecer a Deus, descobrir no final de tudo o que Ele tinha em mente o tempo todo!

 

É com muito amor e muita esperança que dou as boas-vindas aos meus 23 anos e a nova fase do Isa Who?.

E é com o rosto molhado que convido vocês a fazerem parte disso tudo comigo, que convido vocês a pegarem suas espadas e aprendermos juntas a lutarmos como garotas!

 

 

 

 


Isa Who? • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por